Notícias

Notícias do universo Os Belenenses SAD

Comunicado – Notícia do Jornal Público

O artigo do Público de hoje é pólvora seca. Aborda temas que constam de documentos de acesso público e já foram notícia de outros jornais há anos. Mas o destaque dado pelo Público surpreende-nos. O Público tenta denegrir sem conseguir apontar nada de censurável e nem sequer de novo. Os seus leitores não estão acostumados a isto.

A informação veiculada pelo Público sobre o processamento de salários tem como fonte os Relatórios e Contas (R&C) da Belenenses SAD. Os R&C são publicados no nosso site e enviados à AT. A AT nunca ordenou correções às contas. A Belenenses SAD apresenta todos os anos à Liga de Clubes a certidão da AT e da Segurança Social de situação contributiva regularizada.

No exercício de 2019/20, a Belenenses SAD processou cerca de 5 milhões de euros de salários, mais de 400 mil euros/mês. Desde 2013/2014, a Belenenses SAD já pagou mais de 9 milhões de euros de retenções na fonte de IRS e de Segurança Social – só em 2019/20, foram mais de 1,330 milhões de euros.

Parte da notícia do Público refere-se a adiantamentos por conta de salários, uma prática corrente no futebol (e em outros setores) que não gera o pagamento de imposto ou contribuição. Neste mês de Agosto, a Belenenses SAD já adiantou salários a 2 jogadores.

Como bem diz o Público, uma parte do não processamento de salários é anterior a 2012. Vem de anteriores administrações.

Os processos anuais de licenciamento da Liga de Clubes são concorrenciais e fortemente escrutinados. Ao longo de anos a fio, incluindo o da época de 2020/21, nem a Liga nem algum dos nossos concorrentes levantou qualquer questão sobre os factos que são notícia do Público e constam dos R&C da Belenenses SAD.

A Belenenses SAD enquadra esta notícia do Público no âmbito do litígio com a atual direção do CFB e não mais do que isso. Desde 2012, a Belenenses SAD deixou de ser notícia de jornal por salários em atraso e dívidas à AT e à Segurança Social. Processou mais de 25 milhões de euros de salários. Pagou mais de 2 milhões de euros dos planos prestacionais com a AT e a Segurança Social de dívidas do passado. A memória das pessoas é curta, mas os documentos sobre a situação da Belenenses SAD em 2012 existem, são públicos, e permitem a comparação com a sua situação atual.

A Belenenses SAD prosseguirá o seu caminho de sociedade desportiva cumpridora, profissional e respeitada, mas não deixará de defender o seu bom nome.

O Conselho de Administração

Partilhar a notícia: